Síndrome do Cão Nadador

A Síndrome do Cão Nadador ou Hipoplasia Miofibrilar, é uma alteração anormal no desenvolvimento dos filhotes de cães que leva a uma dificuldade do cão deambular e a principal causa, aparentemente, é genética. Outra causa pode ser a deficiência de uma determinada enzima ou, ainda, fatores ambientais, como piso escorregadio.

Pode ocorrer em qualquer raça, porém algumas parecem ser mais propensas ao problema, como: Cocker Spaniel, Bulldog Inglês, Bulldog Francês, Basset Hound, Dachshund, YorkShire Terrier, entre outras.

 

Sintomas

 

– Hiperextensão dos membros anteriores e posteriores, fazendo com que o abdômen e o tórax do pet fiquem em constante em contato com o chão;

– Dificuldade de locomoção;

– Dispnéia (dificuldade respiratória)

 

Diagnóstico

 

O diagnóstico deve ser feito unicamente por um médico veterinário, que deve realizar o exame clínico do animal a fim de perceber mais alterações no corpo do pet. Alguns profissionais solicitam exames para que se possa ver o desenvolvimento da SCN e, nesse caso, o raio-X é bastante utilizado.

 

Tratamento

 

Além de manter uma nutrição e peso adequado, devem-se evitar pisos escorregadios. A fisioterapia nesses casos é de fundamental e deve ser feita diariamente, em casa e/ou na clínica.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s